Coração Partido

469

Ontem, queria te falar de meu amor,
E você não estava aqui para ouvir;
Hoje, só posso te falar dessa dor
Que está aqui a me consumir.

Ontem, eu sorria sem motivos,
Até das coisas mais banais;
Hoje eu não encontro motivos
Para sorrir. Não rio mais.

Ontem, eu só pensava em viver
Da forma mais intensa meus dias;
Hoje, só tenho vontade de morrer,
De acabar com meus negros dias.

Talvez pareço louca, desesperada;
Talvez você tenha até razão;
Talvez nunca tenha se apaixonado
E como dói um coração.

Tudo parece ser motivo de pranto:
As palavras ditas e até as não ditas,
Mas o que mais dói no entanto,
É saber que hoje tu me evitas.

6 Respostas so far »

  1. 1

    danieoo said,

    Como conseguiste achar um poema tão semelhante a tua atual situação?

  2. 2

    Nyele Hendrick said,

    Google!

    A única coisa ruim é que rima, não gosto disso ¬¬

  3. 3

    lol said,

    Uma batida ABAB, com métrica não fixa.
    Certamente feito por um amador.

  4. 4

    Trise Cris said,

    Muito bonito o poema, apesar de rimar, hehe.
    Sinto muito plea, como diz o Dani, sua situação atual, e saiba que as coisas passam, dá até raiva de quem diz isso, mas passam mesmo, experiência própria…

    =)

  5. 5

    Nyele Hendrick said,

    Oh, eu não sabia que você sabia \o
    Bom, eu realmente espero que passe …

  6. 6

    danieeo said,

    Droga, comentei com o nome de “lol” de novo. XD
    Força do hábito…


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: