Ressentimento

as

Aquela pessoa em particular veio andando de braços dados com uma menina num jaquetão azul. Ele fingiu não me ver mas eu olhei tão fixo que teve de me cumprimentar com um ligeiro aceno de cabeça. Seguiu em frente e eu me perguntei se ela requebrou os quadris de propósito só para me atormentar.
Pode requebrar. Não me importo.
Mas me importei. Fiquei arrasada, me senti jogada no lixo.

Mas depois comecei andar com aquele sorrisinho zombeteiro na cara. Não quero dar esse sorriso mas os velhos hábitos são difíceis de morrer. È o ressentimento. Não é nem mesmo raiva. Só ressentimento. Balanço a cabeça para as coisas que dizem respeito a essa gente, os assuntos da classe média, está muito quente, está muito frio, não é esta pasta de dente que eu gosto.

2 Respostas so far »

  1. 1

    Trise Cris said,

    :D
    Muito tri!!
    Conheço bem esse sorrisinho, já usei muito!!
    auhsuasha

    Nyeleee, to com muita saudade do povo do forum!!
    =/
    Uma hora tenho q passar por lá, mas tô tãooo sem tempo…

  2. 2

    Nyele Hendrick said,

    Somos duas ^^

    Pouts, eu também estou com saudades de vocês, todo mundo tá raramente indo lá, a não ser eu, o gabrinius e a fran. Você, o danieoo e o kakarotto deveriam tentar ir mais lá.


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: