Sorrir

O problema de achar graça em tudo é que você fica rindo sozinha boa parte do tempo, mesmo enquanto está fazendo coisas que não têm absolutamente nada a ver com o motivo de você estar rindo. Aí as pessoas vêem que você está sorrindo e sorriem de volta, achando que você está sorrindo para elas. Na hora em que você se toca disso, de susto, você fica sério de repente, e elas páram de sorrir. Então você se constrange por ter abortado o sorriso alheio e volta a sorrir, meio amarelo mesmo, só para tentar recuperá-lo. A outra pessoa então se sente confortável novamente e retribui o sorriso. Aí você sai rindo daquela situação estúpida. Encontra uma outra pessoa que, ao vê-lo sorrindo, sorri de volta. E todos comentam, nossa, que pessoa megasimpática, quando na verdade você sofre de um distúrbio de riso compulsivo e de uma imaginação incontrolável.

Fonte: Volumetria

1 Response so far »

  1. 1

    Trise Cris said,

    POUTSSS!!

    Eu sou EXATAMENTE assim!

    Huahsuahsuahusa


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: