David

Todas as complicações e os traumas daqueles horríveis meses de namoro foram multiplicados pelos dramas de David – o cara por quem me apaixonei enquanto estava terminando meu namoro. Eu disse que me “apaixonei” por David? O que quero dizer, na verdade, é que saí do meu namoro e mergulhei nos braços de David da mesma forma que um artista de circo de desenho animado mergulha de uma plataforma altíssima dentro de um pequeno copo d’água, desaparecendo por completo. Eu me agarrei a David para fugir do meu namoro como se ele fosse o último helicóptero saindo de cidade. Depositei nele toda a minha esperança de salvação e de felicidade. E, sim, eu o amei. Mas, se eu conseguisse pensar em uma palavra mais forte do que “desesperadamente” para descrever o modo como amei David, usaria essa palavra aqui, e um amor desesperado é sempre o tipo mais difícil de amor.

3 Respostas so far »

  1. 1

    MaLu said,

    Posso usar um texto seu ? Eu digo que foi vc quem fez o texto.

  2. 2

    Sora said,

    Pode sim. É o trecho de um livro que agora eu não lembro o nome..

  3. 3

    Dryelle said,

    Oi,por favo quando lembrar o nome me comunique,adoro livros e me encantei com o trecho,
    meu email –> dryca_elle@hotmail.com
    Obrigada (=


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: