Archive for When all i need is you

Por exemplo, quando o seu namorado está se fazendo de idiota e você quer chutá-lo…mas o sorriso dele é tão lindo, e você o perdoa. Você sempre acaba se rendendo aos seus sentimentos.

Anúncios

Leave a comment »

Angústia

Nunca sofri angústia maior. Gostaria de descrever seu rosto, seu jeito… mas não posso, meu desejo por ele é tamanho que me cega quando ele está por perto. Se fecho os olhos, tudo o que vejo é uma fração imobilizado dele, um instantâneo pinçado de um filme cinematográfico. Só consigo descrever seus traços empregando os termos mais banais: poderia dizer que seus cabelos eram castanhos e seus lábios vermelhos…
O espiritual e o físico haviam se fundido em nós com uma perfeição que jamais poderá ser compreendida pelos insípidos jovens de hoje, com seus modos grosseiros e mentes padronizadas. Muito tempo depois que ele se foi, eu ainda sentia seus pensamentos flutuando através dos meus. Muito antes de que nos encontrássemos, havíamos sonhado os mesmos sonhos.

Leave a comment »

Descobrir o seu pensar

473

Talvez eu esteja me sentindo perseguida por aquele porque, mas me pergunto se de fato me esforcei para responder a questão. Não tenho muita certeza se quero mesmo entender o que você pensa, descobrir em mim um poço tão escuro que de suas profundezas os seus atos façam sentido. No entanto, pouco a pouco, aos trancos e barrancos, aprendo a sua racionalidade.

Leave a comment »

História.

2155826320_81931bcf1e_o

Olhando em retrospecto, talvez eu ter dito que queria mais “história” fosse uma forma de aludir ao fato de eu querer mais alguém para amar. Nós nunca dissemos essas coisas um ao outro; éramos tímidos demais. E eu ficava nervosa só de pensar que algum dia você pudesse imaginar que não era suficiente para mim. Na verdade, agora que nos separamos, eu gostaria de ter superado a minha própria timidez e ter-lhe dito mais vezes que me apaixonar por você foi a coisa mais espantosa que já me aconteceu na vida. Não só o me apaixonar, essa parte banal e finita, mas o estar apaixonada. Nos dias que passávamos separados, em cada um deles, eu o recriava na minha imaginação. Escutava você me chamando de algum canto, muitas vezes num tom irascível, grosseiro, exigente, mandando segui-lo porque eu era sua, como se eu fosse um cachorro. Mas eu era sua, não me ressentia com aquilo e queria que você exigisse.
Nunca, jamais deixe de lhe dar valor. Foi você que começou – feito alguém que nos dá de presente um único elefante esculpido em ébano e, de repente, a gente encasqueta que seria divertido começar uma coleção.

Leave a comment »

Desistir.

2_traicao_001

Confesso que nunca li tanto como tenho lido ultimamente, preciso disso.
Ler expande a mente, o saber não ocupa espaço….
Achei isto aqui bem interessante:

“És como a minha sombra. Quanto mais fujo, mais corres atrás de mim. Quanto mais te tentava agarrar, mais tu conseguias escapar. Outrora já fomos só um, ainda sinto a fragancia de verdadeiro amor vindo de nós. Hoje, só não quero sentir o teu odor, tresandas de traições. Ainda sinto as feridas abertas, de todas as tuas facas em que me deitei desde aquele dia. Verdade e realidade que me tentas distorcer.
Cada vez que penso em tudo, compreendo que as feridas saradas tornam-me cada vez maiores, e menos sensível à dor. Hoje, acredito que foi positivo. Estou cansado de correr. Desisto.”

Aí fico pensando…quantas vezes você me disse realmente o que estava pensando?
Tenho visto muita coisa ultimamente, quero dizer, já via antes, mas agora, muito mais. Tenho visto homens enfiados nas igrejas nos dias de culto, acompanhando suas esposas (e filhos, se tiverem), levantando suas mãos, orando, sendo tão politicamente corretos e religiosamente hipócritas e durante a semana, os pés correm em diversos caminhos de adultério, sem nenhum remorso ou culpa, afinal, a mente já cauterizou e o coração não condena mais…não há mais a condição de “pecado”, enfim,  obrigaram-me a experimentar isso.
E senti a morte.
Morte dos sonhos.
Morte da esperança.
Morte moral.

Ser traido é tão intenso, que nos faz perder o norte. Perdemos todos os referenciais… tudo perde o sentido… a coisa chega a tão ponto, que quase chegamos a desmaiar.

Ainda dentro do contexto da traição… Ela é mais intensa ainda, quando sabemos que ela foi premeditada… foi avaliada, calculada, pesada e então a faca foi cuidosamente enterrada entre suas vertebras de forma a matar e não nos deixar gritar.

Fico me perguntando o porque as pessoas traem… Como que um ser humano pode planejar a traição de alguém que lhe quer bem? Alguém que está ao seu lado? Alguém com que se viveu e quem sabe, poderá viver BONS momentos?

Sem sentido? Não existe? Só se vê em novelas ou filmes?

Que nada… já fui esfaqueado de diversas formas e intensidades pelo menos uma dezena de vezes. Na sua maioria, todos foram planejados, avaliados, pesados e até calculados.

O que é permitido ao traído nesta ocasião?

Matar o traidor?
Pagar com a mesma moeda?
Planejar uma vingança maligna?
Reclamar?
Escrever no seu Blog?
Um tiro na cabeça?

Adoraria que alguém me respondesse.

Comments (1) »

Dor.

214

Era como se…

…Cada palavra de amor sussurrada…

…Escorresse pelas costas dele e fosse absorvida.

As costas dele eram largas.

Dava pra sentir o calor e o cheiro de sua pele através da gola de sua camisa.

Aquela era a primeira, e talvez a última vez;

Mas

Senti uma espécie de nostalgia.
Uma dor.

Era doce, mas parecia rasgar o meu peito…

Leave a comment »

Por quê?

79

Esse tempo todo eu achei que algo dentro de mim morreria quando você voltasse…

Fiquei com medo, não sabia o que fazer…

Mesmo assim, por que isso?

Eu estar feliz por poder jantar com ele novamente…

Leave a comment »